sábado, 16 de novembro de 2013

#lutoemnovembro


É necessário denunciar a violência, a perseguição dos agentes do Estado ao cidadão e ao militante que luta por uma outra sociedade. O Estado é marcado pela hegemonia burguesa, ele se desenvolve para ampliar a taxa de lucro das empresas, assim é o neoliberalismo de superávit primário, juros altos, privatizações, leilões e demais concessões e corrupções, assim também é quando os seus agentes agem de forma violenta contra a sociedade que se manifesta contra as injustiças sociais!

No entanto, como o Estado é contraditório, mesmo com a hegemonia da burguesia, também se submete ao resultado da luta de classes, neste sentido, as ruas tem sido um dos caminhos mais fortes para reduzir a violência e a exploração em conquistas de direitos. Conquistas importantes, mas a vitória somente se consolidará com o fim das sociedades de classes!
Não passarão!

http://www.youtube.com/watch?v=uhQLMT-Ex6U

Quilombolas do Vale do Ribeira vivendo a resistência de Zumbi!

No Vale do Ribeira e por todo o Brasil, descendentes e remanescentes de povos de quilombos continuam a sua luta por direitos, alguns já alcançados com muita luta, ou ainda por alcançar no nosso lento Estado de "mal-estar-social", que ainda carrega as marcas dos crimes e das correntes deixadas nos povos sequestrados da África e escravizados por aqui! Temos que comemorar e muito para lutar, axé dia da Consciência Negra!